Mais um feliz novembro na Bionúcleo

01 de Dezembro de 2014, 0 comentário

Lá se vai mais um novembro e com ele muitas histórias, realizações e conquistas para todos da Bionúcleo!

Esse ano ele ganha um novo significado, com uma nova vida que trás para os bionucleotídeos muitas alegrias e a certeza que muitas outras ainda virão. Aqui entra o mérito também do eterno bionucleotídeo Telcio Prieto Barboza.

Por um longo período, mais precisamente 28 anos 8 meses e 10 dias, novembro era mais um mês em meu calendário, mas a partir de 2003 este se tornou um mês muito especial e importante na minha vida, mês estranho, com sentimentos intensos, e de muito aprendizado. É um mês que sempre recebo surpresas, onde me trás presentes maravilhosos também os leva, mas com o mesmo poder que tira me ensina a olhar que a perda se torna um presente ainda maior, por vezes o presente da amizade e da cumplicidade eterna!

Se você leu até aqui e ainda não descobriu o que o "louco" do Hamilton está tentando escrever, vou facilitar e tentar descomplicar, vamos lá...

No dia 25 de novembro deste ano a Bionúcleo completou mais um ano de vida, é lá se vão nove anos de muitas parcerias, grandes amizades, inúmeras consultorias realizadas e projetos implementados, muitos estados, cidades e até outros países visitados que foram adicionados em nosso mapa de atuação profissional, e mais que isso, aqui me atrevo a falar por todos os bionucleotídeos, esses nove anos nos trouxeram "A" satisfação pessoal e profissional que provavelmente não teríamos em outro lugar, e na melhor condição possível: a que fizemos o nosso melhor, nos deixando sempre com a consciência tranquila.

Estava deixando passar uma informação muito importante deste novembro, que sempre me presenteia, pois é mais um ano que o Alexander Flores Gomes nos aguenta, agora não é mais o caçula da Bionúcleo, dançou meu amigo, perdeu os mimos agora!

Aproveito para dar os parabéns a ele por todas as conquistas que batalhou e alcançou neste último ano, enaltecendo as atividades da Bionúcleo no Mato Grosso do Sul e em todo o Brasil pela qualidade do seu trabalho desenvolvido.

Por último, mas longe de ser o menos importante, quero apresentar a todos os nossos amigos e parceiros e também dar as boas vindas ao José Nazareno Trevelin Neto (11/11/14) o caçula dos bionucleotídeos!

                                            

 

A todos os bionucleotideos, amigos e parceiros a minha gratidão eterna e parabéns para todos nós, que venha o décimo ano...vamos que vamos