Levando inovação por aí... em julho/12

19 de Agosto de 2012, 0 comentário Olá amigos, espero que estejam todos bem pelo mundo afora!
Nós, aqui no escritório temos trabalhando bastante e temos que nos esforçar para conseguir postar novidades. Até porque abrimos uma fan Page da Bionúcleo (Bionúcleo Gestão e Desenvolvimento) no Facebook e lá sim, temos conseguido colocar novidades, links de reportagens e comentários sobre assuntos ligados a sustentabilidade e inovação. Visitem e curtam!!! Estão convidados!

Quanto ao mês de julho de 2012 ele, por si só já nos renderia pelo menos uns 5 posts diferentes porque foi intenso o período. Estive viajando o mês todo pelas cidades de Costa Rica e Coxim, no MS e em Campinas/SP – sempre trabalhando com gestão da inovação, mas com um público-alvo diferente!

Nas cidades de Costa Rica e Coxim o desafio foi trabalhar com curso e consultoria na área de Gestão da Inovação como uma ferramenta competitiva para as pequenas e microempresas. Foi um desafio porque esse trabalho envolveu 04 semanas fora de casa, convivendo com diferentes realidades empresariais, sociais e econômicas – diferentes entre si e diferentes das minhas referências. Foi uma experiência muito rica mesmo... foram mais de 40 alunos atendidos e 28 empresas que receberam treinamento e consultoria para buscar oportunidades de inovar.

Em Campinas tive o prazer de atuar como facilitadora da Unidade Temática 6 (UT6), da Formação de Agentes de Inovação (ALI), com o tema “Inovação na Pequena Empresa”! Também foi uma experiência excelente! Uma moçada alegre, divertida e muito, muito capaz! Fez-me pensar em como gostaria que os alunos universitários tivessem sempre esse mesmo vigor pela vida e pelas oportunidades... mas, isso é outra história...

Existem dezenas de conceitos sobre inovação e o que ela significa e nestes cursos que trabalho, sempre se usa como base o Manual de Oslo que conceitua a inovação como algo novo ou significativamente melhorado em produto (bem e serviço), processo, marketing e gestão organizacional. Entretanto apesar dos diferentes conceitos existe um consenso sobre a necessidade de se criar um ambiente inovativo que permita e incentive a criação ou percepção de novas possibilidade... e para ilustrar um pouco isso, quero deixar aqui um vídeo de que gosto muito, sob o título “De onde vem as boas ideias” de Steven Jonhson. Cabendo dizer que o vídeo é um aperitivo do livro de mesmo título! Espero que curtam!


E você?! Já pensou em inovar a si mesmo?...